«

»

set
15

Refletindo sobre o divórcio: Mateus 5:31-32

GRE – GRUPO DE REFLEXÃO E ESPIRITUALIDADE

Encontro XVI
Série: O Sermão do Monte

Refletindo sobre o divórcio: Mateus 5:31-32

31 “Foi dito: ‘Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhe certidão de divórcio. 32 Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério.

Notas sobre o texto

O que dizia a tradição

O diagnóstico de Jesus

Recomendação transformadora

“Foi dito: ‘Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhe certidão de divórcio

Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério.

1 Cor. 7:10-11

1.Jesus, assim como Paulo, incentiva, nas entrelinhas, a reconciliação

2.A carta de Paulo foi escrita antes do evangelho de Mateus

3.Jesus estava aqui corrigindo uma distorção que expunha as mulheres à situações ainda piores daquelas já culturalmente cristalizadas

4.Para Jesus, o casamento é algo tão sério que somente uma “infidelidade” de alta densidade poderia justificar a separação

 

Aplicação

1.Cinco em cada dez casamentos terminam em divórcio nos EUA

2.Ente 6 e 7 casamentos de segunda vez terminam em divórcio

3. Sete ou mais casamentos de terceira vez terminam em divórcio

4. È maior a incidência de divórcios entre pessoas que viram seus pais se divorciar na infÂncia

5. É mito achar que os filhos preferem ver os pais felizes entre si, a manter a relação para manter a família intácta

6. O divórcio abre uma ferida que o tempo suaviza, mas a dor e as consequência permanecem, principalmente, nas crianças

Concusão.
Divórcio não é remédio, mas uma amputação, às vezes, necessária, quando o sistema como um todo é seriamente ameaçado.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>